Webnode

I Trail de Penafirme

Trail de Portugal (TDP) - Quais as características que demarcam a essência desta primeira edição do Trail de Penafirme?

Organização I Trail de Penafirme (CAP) -  Boa tarde Jorge. Do percurso que desenhámos para esta primeira edição do Trail de Penafirme, destaca-se o facto de, numa área relativamente reduzida, ser possível correr por trilhos em ambiente de montanha e em trilhos à beira mar. A prova desenrola-se de forma a ser sempre possível a qualquer atleta ter como referência ou o Hotel GolfMar, parceiro nesta organização, ou o rio Alcabrichel. Ao atingir os pontos mais elevados do percurso, será ainda possível avistar o Mar, sendo que o final do percurso é percorrido junto ao Mar, pelas arribas de Santa Rita.

 

 

TDP - Que tipos de elementos naturais das paisagens irão encontrar os atletas participantes?

CAP - Ao início e no final, os atletas irão percorrer trilhos nas arribas, tendo de um lado o Mar e, do outro, vista para o interior do Vimeiro, zona que irão percorrer em seguida, sendo esta uma zona de serra, com pequenos montes, com formações rochosas de calcário.

 

 

TDP - Quais os sitios mais belos, por onde passará a prova?

CAP - Por um lado, o Mar. Desde a praia de Valmitão, a Norte, até à praia da Mexilhoeira, mais a Sul, sempre pelas arribas. Por outro lado, o interior. Toda a envolvente ao Rio Alcabrichel, até ao Vimeiro, passando pelo interior de uma das grutas, pela Fonte dos Frades, uma estância termal. Os atletas irão ainda passar junto do moinho de Valongo, um ponto de referência local, pela vista a 360º que oferece, pela pedreira de Porto Novo, entretanto fora de exploração, mas que permite observar a constituição das formações rochosas que iremos encontrar, pelo Convento Velho de Penafirme, destruído pelo maremoto de 1755.

 

 

TDP - Que tipos de vegetação irão os atletas encontrar ao longo do percurso?

CAP - Essencialmente, vegetação rasteira. Erva, mato, nomeadamente carrasco, zonas com muitos caniçais, uma das formas mais tradicionais de delimitação de propriedades agrícolas nesta zona, muito resistentes aos ventos que habitualmente sopram. Em algumas zonas atravessaremos eucaliptais.

 

 

 

TDP - Com quantos voluntários contam para prestar apoio a todo este evento?

CAP - Por volta dos 30.

 

 

TDP - Quantos atletas estão inscritos nesta bela prova?

CAP - Neste momento, aproximadamente 200 no Trail, 50 no miniTrail e 40 na caminhada.

 

 

TDP - Foi dificil arranjar apoios para organizar uma prova desta "desconhecida" modalidade?

CAP - Procurámos apoios a nível local, essencialmente. Como o CAP está intimamente ligado ao Externato de Penafirme, uma escola com muita tradição na região, tendo sido possível garantir um conjunto de apoios suficiente para podermos erguer esta prova.

    

 

TDP - Quais os conselhos da organização, para a segurança dos atletas nesta prova?

CAP - Por um lado, que os atletas sigam as indicações da organização, nomeadamente ao nível das marcações do percurso. Nas zonas de descidas, é importante que cada atleta tenha cuidado, pois, de uma forma geral, descidas um pouco mais técnicas, em trail, são sempre perigosas, é importante olhar bem para se colocam os pés. A nossa preocupação é a de que os atletas não se distraiam com a paisagem.

 

 

 

TDP - Qual o nivel técnico dos trilhos por onde passa a prova?

CAP - De uma forma geral, é baixo. Boa parte da prova desenrola-se em estradões ou trilhos em terra, umas vezes mais solta que outras. Na zona mais de serra, existem alguns trilhos cujo piso terá algumas pedras soltas, noutros existem pedras mais ou menos estáveis. Algumas subidas serão mais exigentes, pela sua inclinação, no entanto, tentámos criar trilhos de modo a suavizar essa dureza. Algumas descidas têm regos, o que as torna um pouco mais difíceis.

 

 

CAP - Agradecemos desde já esta oportunidade de explicar um pouco melhor em que consiste a nossa prova, aproveito ainda para explicar um pouco o porquê da prova: trata-se de um sonho já com algum tempo, de criar uma prova de trail nesta zona, para partilhar com toda a gente esta pequena maravilha da Natureza que é a zona do Vimeiro. Ao projecto Trail de Portugal, desejamos as maiores felicidades neste trabalho de divulgação do Trail nacional!